quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

UNIVERSIDADE FRANCESA OFERECE BOLSA PARA MESTRADO E DOUTORADO.

A Université de Fanche-Comté lançou o seu edital de candidatura para as bolsas de estudos Victor Hugo. Os estudantes interessados têm até o dia 31 de janeiro de 2018 para enviar seus dossiês.


A bolsa é destinada a estudantes da América Latina (América Central, América do Sul e Caribe) de línguas portuguesa e espanhola e do Haiti que desejam estudar em uma das mais antigas universidades francesas: a Université de Franche-Comté, criada em 1423 pelo duque de Borgonha. 

Localizada próxima à fronteira com a Suíça, a UFC tem seu principal campus na cidade de Besançon, mas também está presente em mais 4 cidades da região. Com um enfoque pluridisciplinar, a universidade possui cursos que perpassam todos os grandes domínios acadêmicos.

A duração da bolsa é de um ano, entre julho de 2018 e junho de 2019, e é destinada a determinados programas de mestrado ou doutorado. Foram disponibilizados mais de 30 programas diferentes para o nível Master, com opções nas áreas de humanas, exatas e biológicas. 

Os benefícios incluem: as taxas de inscrição da universidade, um quarto individual na residência universitária, duas refeições por dia no restaurante universitário, a assinatura do serviço de internet durante 12 meses e também um curso intensivo de francês durante dois meses (julho e agosto) no CLA – Centre de Linguistique Appliquée de l’Université de Franche-Comté. 

Critérios para candidatura 

- Ter nacionalidade de um país da América Latina de língua espanhola ou portuguesa ou do Haiti.
- Morar em um destes países no momento da candidatura.                       
- Ter menos de 35 anos para o master (para o doutorado não há limite de idade).

O anúncio dos resultados será divulgado em abril. É possível encontrar mais informações sobre a bolsa e o formulário de candidatura neste link.

Outras oportunidades

As candidaturas para segundo e terceiro ano da graduação ou para mestrado em universidades francesas vão até o dia 28 de fevereiro. A França conta com um grande número de universidades públicas que cobram apenas taxas anuais, entre 200 e 400 euros, que estão entre as menores da Europa. Saiba mais aqui.

Além disso, existem mais de 200 programas de bolsa para os quais os brasileiros podem se candidatar. Neste catálogo, é possível pesquisar as bolsas disponíveis por nível e área de estudos.

Presente em mais de 110 países, Campus France é a agência governamental francesa responsável pela promoção do ensino superior, o acolhimento e a mobilidade internacional. A agência é ligada aos ministérios franceses da Educação e das Relações Exteriores. No Brasil, está vinculada ao Serviço de Cooperação e de Ação Cultural da Embaixada da França. A agência Campus France Brasil oferece orientação personalizada e gratuita aos interessados em estudar na França e também centraliza o procedimento de candidatura para grande parte das universidades do país europeu. Atualmente, conta com escritórios em São Paulo, Recife, Belo Horizonte e Rio de Janeiro.

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

NEXA VAI INVESTIR ATÉ US$ 2,4 MILHÕES EM PROJETOS DE TECNOLOGIA DESENVOLVIDOS EM CONJUNTO COM START-UPS.

A Nexa, nova marca da Votorantim Metais, abre inscrições para o Mining Lab 2, programa de apoio a empreendedores e ao desenvolvimento de inovações tecnológicas para as áreas de mineração e metalurgia. A segunda edição do programa vai selecionar os melhores projetos apresentados nas áreas de automação, Internet das Coisas/TI, logística, economia circular e concentração mineral.

O objetivo da Nexa é aplicar soluções inovadoras aos seus processos industriais, abrindo espaço para novas ideias. Desenvolvido em parceria com a aceleradora Techmall, o Mining Lab 2 vai contar com investimento total de US$ 2,4 milhões sem exigência de contrapartida societária nas start-ups.

"O Mining Lab é uma forma colaborativa de pensar e construir soluções tecnológicas e, assim, ampliar a competitividade frente aos desafios do nosso negócio. É uma iniciativa que oxigena o ambiente da empresa e abre espaço para o desenvolvimento de novas ideias, dentro do conceito de inteligência coletiva. É uma nova maneira de pensar e de trocar conhecimentos", afirma Jones Belther, vice-presidente de exploração mineral e tecnologia.

A primeira fase do programa vai selecionar 36 start-ups que passarão por um período de imersão online. Destas, 24 serão escolhidas para uma capacitação presencial na qual irão desenvolver um business case com as soluções para os desafios. Ao final desse período, uma banca composta por profissionais da Nexa vai selecionar as 12 propostas finalistas que receberão investimento financeiro, assessoria semanal de profissionais qualificados ao longo de um ano, qualificação em gestão financeira, jurídica e marketing, além de acesso às instalações e às informações técnicas das unidades operacionais da Nexa.

As inscrições estão abertas até 18 de março de 2018 no site do Mining Lab 2 e disponíveis para startups de Brasil, Estados Unidos, Canadá, Peru e Chile. A internacionalização do programa, cuja primeira edição contou apenas com a participação de startups brasileiras, segue o movimento de expansão internacional da Nexa, que abriu capital nas Bolsas de Nova York (EUA) e Toronto (Canadá) em outubro de 2017.

Lançado em 2016, o Mining Lab é um programa pioneiro do setor de mineração. A primeira edição, que ainda está em curso, teve como desafios as áreas de energia renovável e nanotecnologia. Cinco projetos estão na fase de desenvolvimento de piloto industrial e deverão ser implementados nos processos das operações da Nexa ao final do processo.

Serviço
Mining Lab 2
Inscrições: de 15 de janeiro a 18 de março.
Desafios: Automação, Internet das Coisas /TI, Logística, Economia Circular e Concentração Mineral.
Investimentos: US$ 2,4 milhões

JeffreyGroup.

Leia> O Brasil Sobre Rodas.

Assista> TV Coisas de Agora. 

AIRBUS TEM DESEMPENHO RECORDE.


As entregas de aeronaves comerciais da Airbus em 2017 cresceram pelo 15º ano consecutivo, atingindo o novo recorde da empresa de 718 aeronaves entregues a 85 clientes. 

As entregas foram mais de 4% maiores do que o recorde anterior de 688 estabelecido em 2016. O total de 2017 é composto por 558 aeronaves de corredor único da Família A320 (das quais 181 são A320neo - um aumento de 166% em relação a 2016), 67 A330, 78 A350 XWB (um aumento de quase 60 por cento com relação a 2016) e 15 A380. Além disso, para completar esta impressionante produção anual, a Airbus chegou a 1.109 pedidos líquidos de 44 clientes. No final de 2017, a carteira geral da Airbus era de 7.265 aeronaves no valor de US$ 1.059 trilhões, segundo o preço listado.

As entregas de aeronaves comerciais da Airbus em 2017 cresceram pelo 15º ano consecutivo, atingindo o novo recorde da empresa de 718 aeronaves entregues a 85 clientes.

"Um novo recorde de entregas da Airbus combinado com o nosso quinto maior volume de pedidos recebidos encerra um ano notável para nós. Esta conquista excepcional é um testemunho da dedicação de todas as nossas equipes e torna a empresa mais apta, forte e preparada para as oportunidades futuras", comentou Fabrice Brégier, Diretor de Operações da Airbus e Presidente da Airbus Comercial Aircraft.

Com esse desempenho, a Airbus aumentou consistentemente as entregas ano a ano - com 15 anos consecutivos de aumento de produção. Nas quatro plantas da família A320 em Hamburgo, Tianjin, Mobile e Toulouse, a Airbus está a caminho de alcançar uma taxa de 60 aeronaves de corredor único por mês até meados de 2019. Enquanto isso, o A350 XWB está igualmente no caminho certo para atingir uma taxa de 10 por mês até o final de 2018. O robusto recebimento de pedidos em 2017 resultou em uma relação de 1,5 entre reservados e faturados.

Muitos marcos industriais foram alcançados pela Airbus Commercial Aircraft em 2017, entre os quais estão a entrega do 100º A350 XWB, a entrega da 50ª aeronave da Família A320 pela nossa linha de montagem final em Mobile, entrega do 100º A380 da Emirates, o primeiro voo do A330neo, a certificação do A350-1000, a entrega dos primeiros A321neo com motores CFM e P&W, inauguração do novo Centro de Finalização e Entrega do A330 em Tianjin, na China, com suas duas primeiras entregas e a finalização estrutural do primeiro Beluga XL. Com relação à internacionalização, a nossa parceria com a China está em expansão, enquanto a nossa marca nas Américas também está sendo ampliada. Além disso, em termos de prestação de serviços em todo o mundo, a Airbus está aumentando significativamente sua presença local para se aproximar de seus clientes.

JeffreyGroup Brasil. 

Leia> O Brasil Sobre Rodas.

Assista> TV Coisas de Agora. 

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

TERESINA E MANAUS SÃO AS CAPITAIS EM QUE A ENERGIA SOLAR OBTÉM MAIOR RETORNO ECONÔMICO.


Neste início de ano, as cinco capitais nas quais os projetos de energia solar fotovoltaica de pequenos negócios, condomínios, hospitais, shopping centers e residência têm o melhor retorno no Brasil são Teresina (PI), Belém (PA), Manaus (AM), Recife (PE) e Rio de Janeiro (RJ).

Já, no caso das grandes unidades consumidoras atendidas em alta tensão, as cinco capitais mais atraentes para os projetos de energia solar são Manaus (AM), Rio de Janeiro (RJ), Cuiabá (MT), Goiânia (GO), e Brasília (DF). É o que apurou o Índice Comerc Solar de novembro, levanto em conta os últimos reajustes autorizados no início do mês sobre as tarifas de eletricidade nas distribuidoras locais.

O Índice Comer Solar, que abrange todas capitais do País, além de outras quatro cidades paulistas, altera-se à medida em que são autorizados novos reajustes nas tarifas de eletricidade. O seu ranking leva em conta a irradiação solar de cada região, a tarifa de energia convencional cobrada no local, assim como a taxa de ICMS em vigor no estado.

16,4 mil de produtores de energia

“A energia solar fotovoltaica chegou para ficar”, afirma Cristopher Vlavianos, presidente do Grupo Comerc Energia e da Comerc Solar, empresa especializada em projetos de geração de energia solar fotovoltaica. Ele cita os dados  da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que indicam que a geração de eletricidade a partir da luz captada em painéis instalados nos telhados das casas ou no terreno do estacionamento das empresas já bateu na casa de 136 MW de potência instalada em 16,4 mil unidades no Brasil.

“O volume de energia produzida em projetos de energia solar fotovoltaica de geração distribuída já equivale à eletricidade produzida por uma hidrelétrica média. No entanto, o potencial de geração de energia solar pelo próprio consumidor no Brasil é, com as tecnologias atuais, pelo menos 12 mil vezes maior, ou de 164 GW”, acrescenta.

Ritmo exponencial de crescimento

O ritmo de novos projetos solares fotovoltaicos em todo o país  está na casa dos 140% ao ano, já que o país detinha 57 MW de potência instalada ao final de 2016, conforme dados do Balanço Energético Nacional (BEN) de 2017*. “E deve se acelerar ainda mais nos próximos anos”, garante Vlavianos. “Quando o brasileiro se der conta das vantagens dessa geração e como o retorno de seu investimento é rápido, veremos uma demanda ainda maior por essa fonte energética”, afirma o executivo.

De acordo com o Índice Comerc Solar deste mês, o payback dos projetos de energia solar fotovoltaica de baixa tensão dá-se entre 3,1 anos a 7,6 anos nas principais capitais do País. Já, quando se tem em vista os projetos de alta tensão, típicos de grandes empresas, o retorno do investimento varia de 4,9 anos a 12,3 anos.

Tomada de decisão

Idealizado em agosto de 2016, o Índice Comerc Solar já foi revisado algumas vezes, em linha com as mudanças do cenário de tarifas de energia no País. “Queremos que este índice possa contribuir para a tomada de decisão de quem quer apostar nessa fonte de energia totalmente limpa, renovável e que terá um apelo cada vez maior no país, principalmente com o desenvolvimento da indústria local de equipamentos solares”, afirma Vlavianos.

O executivo lembra que a localização do Brasil – próximo à linha do equador – favorece uma incidência quase vertical de raios solares. “Essa irradicação solar é favorável à produção de energia ao longo do ano inteiro, mesmo durante o nosso inverno”.

Confira nos gráficos a seguir o índice de irradiação de cada capital, o custo da tarifa de energia convencional e a incidência do ICMS locais.

Ranking Potencial Solar – Unidades Consumidoras atendidas em Baixa Tensão

Ranking Potencial Solar – Unidades Consumidoras atendidas em Alta Tensão


A Comerc Energia é a maior gestora de energia do país, com mais de 1.600 unidades de consumo em carteira, pertencentes a mais de 820 empresas. Fundada em 2001, é responsável pela gestão de 15% de toda energia consumida no mercado livre brasileiro. A empresa administra mais de 5.100 MW de potência de mais de 90 geradores, produtores independentes e autoprodutores. Com sete escritórios, a empresa atua em todas as regiões do país.

Além da gestão, a Comerc tem mais quatro unidades de negócios, que podem trabalhar de forma independente ou integrada, de acordo com a necessidade de cada cliente. A Comerc Trading é a maior comercializadora independente do país, com cerca de 16 milhões de MWh administrados em 2017, ou 5% da energia consumida em todo o País.

A Comerc Gás faz gestão do consumo de gás natural, oferecendo auxílio na contratação deste insumo, com possibilidades de redução de custo para empresas. Paralelamente, a Comerc Solar estrutura projetos de geração solar distribuída e a Comerc ESCO desenvolve e implanta soluções de eficiência energética, com foco na redução do consumo de energia elétrica.

A companhia faz parte da aliança internacional The Energy Experts Alliance, que oferece soluções globais em gerenciamento e estruturação de estratégias de contratação de energia elétrica para consumidores multinacionais. Em 2015 e 2016, a Comerc Energia foi eleita a melhor empresa do setor de energia pelo ranking Melhores & Maiores da revista Exame. Em 2017, foi eleita a melhor empresa de Energia e de Práticas de RH pela revista Época Negócios 360.

Verdelho Associados.

Leia> O Brasil Sobre Rodas.

Assista> TV Coisas de Agora. 

AMWAY DO BRASIL ANUNCIA NOVA PRESIDENTE.


A Amway do Brasil anuncia que Rossana Sadir é a nova presidente das operações da empresa no País. A executiva terá como missão expandir ainda mais a atuação geográfica da companhia, que teve taxa de crescimento de 40% em número de empreendedores nos últimos quatro anos. Com investimento de US150 milhões até 2019, a executiva irá liderar as estratégias para ampliar a oferta de produtos e serviços aos 185 mil empreendedores da empresa no País, além de implementar boas práticas de outras regiões. 

Antes de assumir esta posição, a executiva atuou como Presidente das operações da Amway na América Latina, realizando a gestão da empresa em 11 países de língua espanhola e atingindo 60% de crescimento na região.

Anteriormente, Rossana Sadir foi líder da Avon Latin America, desenvolvendo estratégias para os mercados da Colômbia, Chile e Equador, nos quais conquistou um alto crescimento de vendas e rentabilidade, mesmo com condições políticas e econômicas adversas na região. Possui sólida experiência internacional e um histórico de sucesso em planejamento estratégico, com passagem por empresas como McKinsey, Monsanto e Editora Abril.

Fluente em cinco idiomas, é graduada em gestão de negócios pela USP, com mestrado em Administração de Empresas pela SDA Bocconi School of Management (Itália) e extensão em de gestão de negócios pela J. L. Kellogg, Northwestern University (EUA). É vice-presidente da Associação Brasileira de Venda Direta (ABEVD), e faz parte do YPO (Young President Association) e do Grupo Mulheres em Conselho, uma associação da Women Corporate Directors com o IBGC.

Odmar Almeida, que exerceu o cargo de Presidente da Amway do Brasil por quatro anos, assume um papel de liderança na sede da empresa, nos Estados Unidos.

A Amway é a líder global em vendas diretas, fundada em 1959 com sede em Ada, Michigan, EUA. Mundialmente, oferece marcas premium para Nutrição, Beleza e Cuidados com a Casa comercializadas por meio de Empresários, os empreendedores Amway, em mais de 100 países. Em 2016, registrou vendas globais de US$8.8 bilhões. Nos últimos 25 anos, a Amway do Brasil investiu em sua fazenda sustentável e orgânica, no Ceará, onde se encontra a maior produção de acerola orgânica do mundo. No mesmo local, a empresa investe em sua fábrica que processa acerola para os produtos NUTRILITE vendidos globalmente. Comprometida com o desenvolvimento do empreendedorismo, oferece oportunidade de negócio única, produtos de alta qualidade e treinamento para o sucesso dos Empreendedores. Possui seis lojas localizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Recife e Brasília, já confirmada em Cuiabá para 2018, um centro de distribuição em Jundiaí e mais de 600 funcionários no Brasil. É membro da Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD). Para mais informações, acesse: www.amway.com.br.

domingo, 14 de janeiro de 2018

MERCEDES-BENZ AMPLIA PORTFÓLIO E LANÇA FRAGRÂNCIA FEMININA NO BRASIL.


A Mercedes-Benz Parfums está ampliando a linha de produtos e traz para o Brasil uma nova fragância feminina da marca. Mercedes-Benz Woman EDP é um perfume icônico que foi concebido para acentuar e exaltar a personalidade feminina. A criação foi assinada por Honorine Blanc, uma das poucas profissionais no mundo que detém o título de master perfumer, posição exclusiva na hierarquia dos perfumistas.

A fragrância é um floral oriental luxuoso. Inicia com a intensidade da gardênia do Brasil, que transplanta suas notas sensuais nas folhas de cassis, suavizadas pela polpa da pera. O coração é composto por flor de laranjeira, cujos acordes atalcados são intensificados pelo aroma cativante do jasmim. E finalmente, um acorde intenso e sofisticado, composto por sândalo, baunilha, almíscar e madeira cashmere prolongam a duração.

A embalagem é inspirada nas curvas sensuais, fortes e delicadas da mulher, que possui um design sofisticado como o de uma escultura contemporânea. Na horizontal, o desenho de coração possui um círculo transparente e é a morada da estrela lendária da Mercedes Benz.

Para o público masculino, após o grande sucesso de lançamento, a linha Mercedes-Benz Man apresenta um novo ícone


Mercedes-Benz Man Blue EDT. Um perfume moderno com frescor, que provoca seus sentidos. Um aroma radicalmente refrescante, intenso e nobre, e ao mesmo tempo amadeirado e ambarado, intensificado por notas cítricas em sua abertura.

Mercedes-Benz Woman EDP – 60ML
Preço sugerido: R$ 363,00

Mercedes-Benz Man Blue EDT – 100 ML
Preço sugerido: R$ 363,00

Serviço
Excellence
sac@excellenceimp.com.br 
0800-163434 / 55 11 4133-5060.

Pipah Comunicação.

Leia> O Brasil Sobre Rodas.

Assista> TV Coisas de Agora. 

sábado, 13 de janeiro de 2018

PORSCHE DESIGN E HUAWEI LEVAM O PORSCHE DESIGN HUAWEI MATE10, O MELHOR EM DESIGN DE LUXO E FUNCIONAL, PARA OS ESTADOS UNIDOS.


A Porsche Design amplia sua parceria de prestígio com a inovadora tecnologia Huawei para apresentar o esperado Porsche Design HUAWEI Mate10 nos Estados Unidos na sequência de uma implantação europeia de sucesso no final de 2017.

O Porsche Design HUAWEI Mate10 oferece o melhor em design premium. Como o mais exclusivo de todos os dispositivos em toda a série Mate10, ele combina o ofício estético da Porsche Design com a experiência de engenharia móvel da Huawei. Seu exclusivo design de frente e tampa traseira, totalmente revestido em vidro elegante e robusto, vem com uma cor exclusiva Diamond Black. Além de seu aspecto distintivo, equipado com uma única caixa de couro Porsche Design - projetada especificamente para o dispositivo, o Mate10 oferece uma interface de usuário especialmente desenvolvida pela Porsche Design, disponível em duas versões. O acabamento elegante e bonito torna a escolha perfeita para o cliente de design e de tecnologia.

De acordo com pesquisas publicadas em julho de 2016¹, o usuário típico do telefone celular toca seu telefone 2,617 vezes por dia. Como tal, ambas as marcas compartilham um forte compromisso de trazer design excepcional, artesanato inovador e tecnologia de ponta para um dispositivo que atende um papel tão fundamental em nossas vidas diárias. A colaboração oferece aos clientes altamente exigentes uma experiência incomparável com velocidade revolucionária, vida útil da bateria e pistas de design funcionais.


O Porsche Design HUAWEI Mate10 vai além do inteligente, usando o poder transformador da inteligência artificial (AI) para anunciar o início de uma nova era emocionante para telefones celulares. Com AI incorporado, o Porsche Design HUAWEI Mate10 é um dispositivo inteligente. Além do melhor design funcional, oferece um desempenho superior à velocidade do raio, respondendo a situações do mundo real e aprendendo com o usuário, permitindo que eles funcionem no seu melhor. Isso inclui uma câmera, que possui as melhores lentes, autoajuste, feedback inteligente e aplicativos de fotos habilitados para AI, para oferecer uma fotografia sem paralelo para usuários de todos os níveis. Além disso, com uma combinação de 6 GB de RAM e ROM de 256 GB, é o dispositivo topo de gama na gama de produtos atual da Huawei e possui o maior nível de memória de toda a série HUAWEI Mate10 - ideal para armazenar fotos facilmente, vídeos e documentos.



As principais características do Porsche Design HUAWEI Mate10 incluem:


• Um design verdadeiramente único, que exala luxo e estilo, graças à estética da marca de assinatura da Porsche Design. O olhar e a sensação superiores atraem um cliente mais exigente, para quem o estilo, bem como a substância, está na frente da mente e quem espera que o melhor dinheiro possa ser comprado.
• Uma bateria de 4000mAh e um sistema inteligente de gerenciamento de bateria, combinado com a tecnologia SuperCharge da Huawei, o torna ideal para aqueles que usam seu telefone constantemente e estão sempre viajando ou em movimento.
• O visor FullView da HUAWEI significa que os usuários não precisam se comprometer na entrega de filmes e fotografia de qualidade premium criados pela tecnologia inteligente do dispositivo. Uma nova e deslumbrante tela de 6 polegadas com uma relação de aspecto de 18: 9 e apenas com bisbilhote para uma experiência de visualização intensamente vívida.
• O vidro reforçado em 3D, as arestas curvas, o visor de camada larga quase transparente sem bordas e o acabamento à prova de borrão resultam em um objeto bonito e ergonômico que é forte o suficiente para suportar o desgaste diário. Esses recursos tornam o Porsche Design HUAWEI Mate10 ideal para o usuário consciente do design, a quem a estética é tão importante quanto o desempenho.
• A tecnologia Easy Talk significa que mesmo o sussurro mais fraco falado no Porsche Design HUAWEI Mate10 será ouvido claramente na outra extremidade. A tecnologia AI aumentará e impulsionará as chamadas de baixo volume, enquanto chamadas barulhentas são transformadas em conversas de alta qualidade com cancelamento de ruído ambiente AI-avançado.
• O tradutor acelerado de TI em tempo real pré-instalado traduz instantaneamente texto, voz, conversas e imagens em mais de 50 idiomas em todos os dispositivos. Um sensor de impressão digital está escondido discretamente na parte de trás do dispositivo por segurança e facilidade de uso.

Co-projetado com renomados fabricantes de câmeras profissionais Leica, o Porsche Design HUAWEI Mate10 garante fotografias de grau profissional sem o esforço. Lentes de abertura monocromática de alta velocidade de 12 megapixels RGB e 20 megapixels duplas de abertura de F1.6 na nova Leica Dual Camera, juntamente com as características AI da Huawei, oferecem a melhor tecnologia de ponta da fotografia.


"Com a Huawei, temos um parceiro apaixonado e mundialmente respeitado que compartilha nossos objetivos e valores, que criou a base para a criação do novo Porsche Design HUAWEI Mate10. Estamos encantados de continuar a parceria bem-sucedida com a Huawei e trazer um smartphone excepcional para o mercado que atende às expectativas de nossos clientes exigentes e experientes em tecnologia ", disse Jan Becker, CEO da Porsche Design Group.

Alimentado pela tecnologia AI, a câmera leva o reconhecimento da imagem a um novo nível, identificando diferentes cenas em tempo real - como planta, neve, praia e retrato. Ele ajusta automaticamente a cor, o contraste, o brilho e a exposição para produzir imagens vibrantes, nítidas e perfeitamente moldadas. Ele oferece o melhor efeito de bokeh na indústria, mudando o ponto focal sobre o assunto da fotografia para retratos perfeitos de imagem e selfies, e é mesmo capaz de capturar imagens nítidas e nítidas de objetos em movimento.

"Nossa parceria com a Porsche Design reflete a filosofia das duas marcas de que o design superior é tão importante quanto o desempenho, e com o Porsche Design HUAWEI Mate10, estamos orgulhosos de ter alcançado ambos", disse Richard Yu, CEO da HUAWEI Consumer Business Group. "Um dispositivo que é uma grande parte do nosso cotidiano, com o qual confiamos tão fortemente, devemos olhar e sentir-se absolutamente premium, ao mesmo tempo que facilitamos nossas vidas".

O Porsche Design HUAWEI Mate10 oferece um design bonito e leva o smartphone a um novo nível de inteligência. O dispositivo processa a informação mais rapidamente do que nunca, pensando de forma rápida e inteligente e aprende seus hábitos a tornar-se uma extensão de quem você é; mais rápido, mais confiável e mais duradouro, ajuda você a executar o seu melhor. Não é mais um smartphone, é uma máquina inteligente.


Preço e disponibilidade

O Porsche Design HUAWEI Mate10 é vendido por US $ 1.225 e estará disponível em Porsche Design Stores, e on-line em www.porsche-design.us, no final de fevereiro de 2018. 


O Porsche Design é uma marca de estilo de vida exclusiva fundada em 1972 pelo Professor Ferdinand Alexander Porsche. Sua missão era construir uma empresa que levante os princípios e espírito da Porsche além do mundo automotivo. Todos os produtos Porsche Design representam precisão e perfeição, funções inteligentes, design funcional refinado e possuem um impressionante nível de inovação tecnológica. Criado e projetado pelo lendário Studio F. A. Porsche na Áustria e trazido à vida por fabricantes cuidadosamente selecionados. Os produtos Porsche Design são vendidos em todo o mundo em mais de 130 lojas Porsche Design, lojas de departamento high-end, revendas exclusivas e a loja online oficial www.porsche-design.com.

Os produtos e serviços da HUAWEI estão disponíveis em mais de 170 países e são utilizados por um terço da população mundial, ocupando o terceiro lugar no mundo em envios de telefonia celular em 2014. Dezesseis centros de P & D foram instalados nos Estados Unidos, Alemanha, Suécia, Rússia, Índia e China. HUAWEI Consumer Business Group é uma das três unidades de negócios da HUAWEI e cobre smartphones, dispositivos de banda larga móvel, dispositivos domésticos e serviços em nuvem. A rede global da HUAWEI é construída com 20 anos de experiência na indústria de telecomunicações e é dedicada a oferecer os mais recentes avanços tecnológicos aos consumidores em todo o mundo. Para obter informações adicionais, visite: consumer.HUAWEI.com.

Porsche Design of America.
Huawei Consumer Business Group. 

Leia> O Brasil Sobre Rodas.

Assista> TV Coisas de Agora. 

CASA DA MÃE JOANA.
Por Marli Gonçalves*

PELO EM OVO: PROCURA-SE. PARA FUGIR DO TEMA PRINCIPAL


São diálogos surdos, discussões estéreis. Beiram o ridículo porque não há argumentos, só contrapontos de ataques. Entendi. O que se quer é brigar. Não é resolver nada, nem conversar civilizadamente. Cada um puxa a sardinha para o que melhor lhe convém. Antigamente chamávamos isso de tirar uma sardinha...


Mais especificamente "tirar a sardinha com a mão do gato" – tentar obter vantagem com o esforço de outra pessoa. Juro, nunca vi tanta gente entendida em feminismo, assédio, violência contra a mulher, etc. etc. Quem dera fosse verdade e houvesse mesmo tantos homens e mulheres preocupados com o assunto, tão claramente exposto para quem quiser enxergar. Chega de abusos, chega de assédio. Exigimos respeito. #timesup. Acabou esse tempo. Faz tempo, embora pareça que isso aconteceu só por esses dias. A luta é antiga.

E assédio é assédio – "insistência impertinente, perseguição, sugestão ou pretensão constantes em relação a alguém". Assédio não é paquera. Assédio não é sedução. Há uma enorme distância entre as coisas. Aqui, na França, nos EUA, na Cochinchina. Todo mundo sabe disso, sempre soube. Então porque essa chatice, esse desvio de debate? Sobrou até para o fiu-fiu dos operários nas construções, como se eles fossem grandes produtores e diretores de cinema, grandes empresários fazendo contratações; sobrou para todo mundo foi uma enorme confusão.

Que loucura. Com lances de guerra diplomática entre mulheres americanas e francesas, quando ambos os lados obviamente expõem o problema de forma absolutamente clara, complementar, mulheres importantes, vestidas de negro ou não, negras ou não, belas ou feias, estrelas ou não. Estão fazendo o que melhor podem e sabem fazer: dando publicidade a um assunto muito doloroso, do qual pouco se falava publicamente, e que muito mais do que a metade da população já sofreu. Ou vocês pensam que são só as mulheres que enfrentam assédio? Homens, não? Não sabem o que ocorre, por exemplo, no meio gay? Sabem sim, só não querem é tratar com seriedade.

Querem brigar. Opinar nas redes sociais, que ficam cada dia mais chatas por causa dessas coisas. Acham bonitinho ser do contra. Chamar de feminazi as mulheres que denunciam, que vêm a público, que abrem as cortinas sobre o que antes era apenas velado, apoiado como "normal", "acontece no meio artístico": o teste do sofá, as promessas, os convites, o aproveitamento de momentos frágeis, a imposição do silêncio. A concorrência entre as pessoas usando o sexo como arma.

Estou vendo mulheres que até considerava interessantes caindo nessa esparrela. Passei a vida até agora aguentando aquela frase bobagem – sou feminina, não feminista – dita com a boca cheia de um orgulho ignorante de ambas as coisas.

Agora chega. Quero ver o assunto ser, sim, discutido, mas seriamente.

E seriamente quer dizer com providências. Em cima da terrível realidade. Contra o absurdo e crescente assassinato de mulheres, violência dentro de casa, falta de proteção do Estado que cria leis, mas não as cumpre. Pela proteção e assistência real às vítimas de estupro, contra a prostituição infantil, por informação e conscientização que chegue às mulheres de todas as classes sociais, para que possam, inclusive, proteger as suas crianças.

Cartas na mesa. O mundo real está aí diante de nossos olhos. Não venham com absurdos como o daquele grupo teatral de Florença, na Itália, que teve a audácia de vangloriar mudar o final da consagrada ópera Carmen, de Georges Bizet. Na versão deles, para "não aplaudir a violência contra a mulher", a cigana Carmen que nos fascina há mais de 140 anos não é morta pelo seu ciumento José. Mas será ela que irá matá-lo. Resolveram a questão?

Não pode ser séria essa gente. Isso é tirar sardinha. Teatral, hein? Mudar no papel, no roteiro, parece fácil. Queremos ver é mudar a realidade.

Brasil, 2018





* Marli Gonçalves, jornalista – Feminista desde que se entende por gente. Feminina. Viva, para poder contar a história de quantas vezes conseguiu enfrentar essa realidade. Com a consciência cada vez maior de quantas vezes e o quanto isso tudo atrasou sua vidaTenho um blog. Divertido e informante ao mesmo tempo, no marligo.wordpress.comEstou no Facebook e no Twittere-mails: marli@brickmann.com.br e marligo@uol.com.br. Visite o "Chumbo Gordo": www.chumbogordo.com.br.


EDUCAÇÃO.
Por José Renato Nalini*

SUA CIDADE É VERDE E AZUL?

O Programa Município Verde e Azul é destinado a fazer os municípios paulistas a participarem da política ambiental estadual e aderirem ao Protocolo Verde de Gestão Ambiental Compartilhada.

São dez diretivas a serem atendidas: esgoto tratado, resíduos sólidos, biodiversidade, arborização urbana, educação ambiental, cidade sustentável, gestão das águas, qualidade do ar, estrutura ambiental e conselho ambiental.

A preocupação com a natureza é de urgência crescente. Hoje o aquecimento global é a maior angústia da humanidade, tendente a piorar cada vez mais, com aceleração de ocorrências como os furacões registrados há alguns meses de excepcional magnitude.

Talvez já tenhamos perdido a oportunidade de reverter a situação ameaçadora. Mas algo é preciso fazer. E envolver toda a comunidade em torno a esse conjunto de circunstâncias desfavoráveis é alguma coisa que pode gerar uma saudável reação.

A parcela mais facilmente convencida de que o ser humano tem de resistir à tendência dendroclasta e suicida, é a criança e a juventude. As Escolas constituem o local adequado para a propagação de uma corrente com vistas a sanar os males gerados pela má conduta dos adultos.

Um passo interessante é fazer a meninada se interessar pelos dez objetivos do Programa Município Verde e Azul. E estimular o alunado a cuidar do entorno da escola, dos espaços livres dentro dela, dos imóveis ociosos nas imediações. As cidades têm falta de verde. E um dos maiores problemas para o êxito do Verde e Azul é, justamente, a questão da arborização.

Há pouco interesse e conhecimento sobre as árvores de ruas, os tipos, as espécies, as podas. O setor elétrico é obsoleto, pois ainda usa fios suspensos, enquanto o mundo civilizado tem fios enterrados. A coitada é a árvore que fica mutilada em razão desse atraso.

Fazer viveiros de mudas, coletar sementes das árvores urbanas, ensinar a criança a semear, a acompanhar a germinação, o desenvolvimento da muda, até que ela tenha condições de transplante, zelar pelo verde de sua cidade, participar do Projeto "Nascentes", que restaurará a mata ciliar dos sofridos córregos e leitos d'água que sacrificamos com nossa insensibilidade, tudo isso faz parte da formação integral de um indivíduo que depende da natureza para o seu completo desenvolvimento.








José Renato Nalini é secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras, Membro da Academia Brasileira da Educação e docente da Uninove
Visite o blog: renatonalini.wordpress.com.


Leia> O Brasil Sobre Rodas.

Assista> TV Coisas de Agora.

JOHNSON & JOHNSON MEDICAL DEVICES* INAUGURA SEU MAIOR CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO DA AMÉRICA LATINA EM SÃO PAULO.

Localizado no GLP Guarulhos, o espaço contribuirá para aumentar a eficiência logística e atender as necessidades de aproximadamente 2 mil hospitais brasileiros, pronto para suprir a demanda do setor nos próximos 10 anos.

A Johnson & Johnson Medical Devices inaugurou no GLP Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, seu maior Centro de Distribuição integrado da América Latina. Resultado de um investimento de R$ 30 milhões, o espaço disponibilizará mais de 14 mil itens dentre todas as franquias da marca - desde dispositivos cirúrgicos até próteses, implantes e insumos cirúrgicos-, atendendo milhares de procedimentos cirúrgicos diariamente.

O novo centro de distribuição está em linha com a estratégia global de negócios da companhia, que tem o Brasil como um dos países foco de investimentos, aumentando a capacidade da operação e garantindo o alto nível de serviços para suprir a demanda do setor nos próximos 10 anos. O Brasil é sétimo maior mercado de saúde em todo o mundo e segundo maior mercado privado da América, de acordo com a Organização Mundial de Saúde.

Localizado no maior condomínio logístico da GLP no Brasil, o centro de distribuição tem aproximadamente 12 mil metros quadrados e 24 mil posições de armazenagem. O espaço contribuirá para a eficiência logística, garantindo uma operação ágil e de qualidade para atender as necessidades de aproximadamente 2 mil hospitais brasileiros, atingindo milhões de vidas todos os anos. Ao todo são 300 funcionários trabalhando 24 horas na distribuição dos produtos. O CD deve abastecer ainda outros 31 países, além do Brasil.

O CD deve abastecer ainda outros 31 países, além do Brasil, com as suturas produzidas na fábrica na Johnson & Johnson em São José dos Campos/SP, considerada o maior e mais diversificado complexo industrial da Johnson & Johnson fora dos Estados Unidos.

“A Johnson & Johnson está presente no País há quase 84 anos, contribuindo para o desenvolvimento do setor de saúde do Brasil por meio do fornecimento de soluções que promovam a melhor experiência e resultado clínico ao paciente, ao mesmo tempo em que ofereçam eficiência de custos em todo sistema de saúde. Nosso compromisso com o País é de longo prazo, por isso a necessidade de aumentar a capacidade da operação já pensando nos próximos 10 anos”, explica Adriano Caldas, presidente da Johnson & Johnson Medical Devices no Brasil.

Guarulhos: posição privilegiada


“Um time multifuncional considerou vários aspectos para a escolha do local para a instalação do CD como segurança, qualidade, mobilidade, oferta de mão de obra e vias de acesso que facilitassem as entregas, resultando em ganho logístico tanto para a companhia quanto para os hospitais que utilizam nossos dispositivos para cirurgias”, explica Ricardo Araújo, Vice-Presidente de Logística da Johnson & Johnson para a América Latina.

A cidade de Guarulhos é estratégica pois facilita entrada e saída de produtos por conta do acesso à rodovia e ao aeroporto, possibilitando a distribuição dos dispositivos médicos com mais agilidade e consequentemente, contribuindo para salvar cada vez mais vidas. “Agora temos uma operação com capacidade e infraestrutura para fazer frente ao nosso crescimento futuro. Estamos preparados para garantir o fornecimento de inovação no setor de saúde, garantindo o alto nível de serviços”, completa Araújo.

Outro destaque do GLP Guarulhos é a localização privilegiada, já que a estrutura está próxima ao aeroporto internacional de São Paulo e à rodovias importantes, como a Dutra e Ayrton Senna, além do Rodoanel Mario Covas.

Mauro Dias, presidente da GLP no Brasil, empresa que administra o condomínio onde o CD foi instalado, observa como a localização influencia nos resultados e crescimento da empresa. “Temos dados que apontam que a redução de custos no transporte pode chegar a 20% se a empresa fizer um planejamento que considere a melhor localização para otimizar seus serviços de distribuição”, explica.

O parque logístico é o único do país com um viaduto privativo com acesso direto aos galpões pelos dois sentidos da Rodovia Dutra. "O objetivo dessa obra foi proporcionar aos clientes maior mobilidade na circulação dos veículos e eficiência logística", completa Dias.

A infraestrutura adequada também é essencial para os resultados positivos: “com uma maior capacidade de armazenagem, pela combinação de altura do pé direito e capacidade do piso, o espaço é melhor aproveitado e há uma redução no preço proporcional ao metro quadrado que foi locado”, comenta.

Para viabilizar o CD de Guarulhos, a Johnson & Johnson Medical Devices contou com o apoio da Agende Guarulhos – agência de Desenvolvimento - e da Investe SP - agência de promoção de investimentos e competitividade ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação. "Estamos ao lado da Johnson & Johnson em diversos projetos no Estado de São Paulo, dando suporte principalmente no contato junto aos órgãos anuentes, contribuindo com a agilidade e eficiência dos prazos técnicos necessários”, afirma Sérgio Costa, diretor da Agência Investe SP.

Johnson & Johnson Medical Devices


Detentora de um dos mais diversificados portfólios de dispositivos médicos do mundo, a Johnson & Johnson Medical Devices é parte da família de companhias Johnson & Johnson. Como missão, busca continuamente contribuir com o mercado mundial de saúde, entendendo suas necessidades e desenvolvendo soluções que representem avanços no cuidado com os pacientes.

No Brasil há quase 85 anos, a Johnson & Johnson Medical Devices mantém posições de liderança em 9 dos 10 principais segmentos em que atua, além de operar de forma estratégica na região que é considerada um dos top 10 países focos para a companhia. Possui uma unidade fabril em São José dos Campos/SP, maior e mais diversificado polo industrial da Johnson & Johnson fora dos EUA, que exporta sua produção para 31 países. Concentra em Guarulhos/SP o maior centro de distribuição integrado da América Latina, com 12 mil itens para suprir a demanda dos hospitais brasileiros, atingindo milhões de vidas todos os anos.

Fornece para o mercado nacional os produtos de suas três franquias em praticamente todas as áreas da medicina: Ethicon, que atua na área de cirurgia geral, sendo líder mundial em suturas e produtos cirúrgicos abertos e minimamente invasivos em videolaparoscopia; DePuy Synthes, oferece uma grande variedade de produtos e serviços nas especialidades de reconstrução articular, trauma, neurologia, craniomaxilofacial, cirurgia de coluna vertebral e medicina do esporte; e CSS – Cardiovascular & Specialty Solutions, que engloba as áreas de eletrofisiologia (Biosense Webster), neurocirurgia (Codman), cirurgia plástica estética e reconstrutiva (Mentor) e prevenção de infecções (ASP - Advanced Sterilization Products). Em termos de capilaridade, os produtos da Johnson & Johnson Medical Devices estão em 65% dos 6.700 hospitais brasileiros.

* A Johnson & Johnson Medical Devices engloba os negócios de cirurgia, ortopedia e cardiovascular dentro do segmento de dispositivos médicos.

GLP

A GLP é a líder global em instalações logísticas modernas com 56 milhões de m². A partir de sua rede de propriedades bem localizadas e um ecossistema de parceiros, a GLP oferece o espaço e soluções integradas para gerar valor para seus clientes.

Os empreendimentos estão localizados estrategicamente nos principais centros logísticos, zonas industriais e centros de distribuição urbanos. Com o fornecimento de soluções flexíveis de multi-tenant, build-to-suit e sales-and-leaseback, a GLP se dedica à melhoria da cadeia de suprimentos para que os fabricantes, lojistas e operadores logísticos mais dinâmicos do mundo alcancem suas metas de expansão.

No mercado brasileiro, a GLP gerencia uma rede de ativos imobiliários para logística e indústria leve em 36 cidades em 10 estados, com 4,2 milhões de m² de área total sendo 2,8 milhões de m² concluídos e 1,4 milhão de m² em projetos de desenvolvimento.

GLP
Página 1 Comunicação.

Johnson & Johnson Medical Devices
CDN Comunicação

Leia> O Brasil Sobre Rodas.

Assista> TV Coisas de Agora.